Coragem para falar do futuro do Lakers

Que o Dallas Mavericks poderia realmente vencer o Lakers não se pode duvidar, apesar do favoritismo do duelo ter sido todo da equipe angelina. Uma varrida é que com certeza não era esperada.

Só que a varrida também é o choque. Um choque forte para um dos maiores vencedores da histõria da NBA. Um choque que às vezes é necessário.

O próprio Kobe Bryant nunca deixou de citar a importância da derrota para o Celtics em 2008 para um amadurecimento e consequentemente a conquista do bicampeonato consecutivo em 2009 e em 2010, o último batendo o próprio Celtics.

Na base do susto o Lakers deve perceber que precisa renovar. Essa hora chega para todos.

Por exemplo, principalmente com a saída de Phil Jackson, que anunciou a aposentadoria, talvez seja a hora do time mudar o seu estilo de armador.

Derek Fisher nunca foi um gênio. Não é um dos maiores armadores da NBA, mas carregou o piano sempre que preciso. Só que chega uma hora que o piano começa a pesar demais. É isso que acontece. Neste ano Fisher tomou um verdadeiro passeio da maioria dos armadores da NBA, incluindo reservas, mostrando que realmente não vive seu melhor momento.

Com a saída de Phil Jackson, talvez esse número 1 do Lakers não precise ser mais um carregador de piano. Pode ser que o time precise de um armador daqueles que realmente são armadores. Habilidosos e com muito visão de jogo.

E se for pra lapidar uma jóia dessa, o que fazer?

Eu vejo dois nomes na liga que não são os maiores destaques, mas podem ser em breve: Jrue Holiday (76ers) e Stephen Curry (GS Warriors).

Holiday é um jogador que já mostra um grande potencial defensivo e isso é importante para o Lakers tentar segurar um jogo feito no perimetro, como o do Dallas.  É verdade que ele ainda parece um pouco indeciso entre a posição de shooting guard (ala-armador “2”) e point guard (armador “1”), mas se bem trabalhado ele tem potencial para ser um bom número 1.

O importante: seu contrato para 2011/12 é de apenas 1,7M e em 2012/13 a extensão já será opção da equipe. Temos que sempre lembrar que Fisher recebe apenas 3,5M.

Stephen Curry tem um arremesso magnifico e pode definir a jogada de praticamente qualquer ponto da área normal de arremesso, mas precisa de um pouco mais de agressividade para se aproveitar desta sua qualidade.

Apesar da inteligência em quadra, não é um armador nato, mas pode ser trabalhado para ser.

Curry recebe 3,1M e também será opção do Golden State para seguir na equipe na temporada 2012/13.

São boas opções para um trabalho futuro. Temos que lembrar que o Lakers ainda tem três escolhas de segunda rodada para usar.

Quanto a possível contratação de Dwight Howard. É uma melhora para o garrafão, mas não a solução para as falhas que a equipe apresentou no ano, já que a maioria delas está no banco e a defesa fora do garrafão.

This entry was posted in News NBA. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>