Mundial Sub-17: Brasil 1 x 0 Austrália

O Brasil venceu a Austrália por 1 a 0 e garantiu a vaga na próxima fase. A vitória foi muito mais difícil do que o esperado em mais uma tarde sem inspiração dos meio-campistas.

Era claro que, mais fraca tecnicamente e dependente de Jesse Makarounes e Dylan Tombides, a Austrália teria que focar o seu jogo todo em ter um bom sistema defensivo e travar o meio de campo para não acabar sendo pressionada.

Taticamente os adversários foram perfeitos.

Seguraram a qualidade brasileira e ainda assustaram nas poucas vezes que Makarounes e Tombides tiveram a liberdade para produzir uma boa jogada ofensiva.

A sorte do Brasil é que o zagueiro Marquinhos, do Corinthians, voltou a ser o Marquinhos que impressionou positivamente em sua primeira convocação. Foi bastante seguro e ganhou muitas contra os “astros” australianos.

Nem Ademilson, nem Piazon, nem Gui Costa, nem Nathan… Nenhum desses jogadores ofensivos foi capaz de escapar e produzir uma grande jogada para o Brasil, apesar de não ter faltado vontade.

Ainda bem que ao menos na bola parada sobra espaço pra fazer tudo com tranquilidade e perfeição, como o Adryan fez.

Preocupante?

Acho que ainda não.

Vamos esperar que Guilherme, Adryan e Piazon se entendam melhor contra a Costa do Marfim, pois quando a coisa ficar decisiva mesmo, na próxima fase, o Brasil vai precisar muito da qualidade desses três jogadores.

Vai precisar porque eles tem que ser a válvula de escape do time. Eles tem que preparar a jogada pro Ademilson ou pra qualquer outro atacante. Eles tem que carregar a bola e arrumar o espaço livre da marcação.

Essa função não pode ficar para o Marlon Bica, que tentou várias vezes no jogo e nem para os laterais, Emerson e Wallace, que também tentaram efetivamente.

Não é que os nossos três meias (mesmo que o Piazon seja mais atacante) não tenham tentando.

Sabemos da qualidade de passe do Piazon e de como ele pensa rápido. Conhecemos a agilidade e o drible fácil do Adryan e a qualidade que o Guilherme tem para carregar a bola e distribuir o jogo.

Só que com essas qualidades que eles têm, sabemos que é possível que eles consigam produzir muito mais do que aconteceu nas últimas duas partidas.

FIQUE LIGADO NO TWITTER DO BLOG -> @gabrielfuh_

This entry was posted in Especiais, futebol-news, Mundial Sub-17, Promessas do futebol, Seleções brasileiras, Uncategorized. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>