Análise do Mundial Sub-20

O Mundial Sub-20 é um ambiente desconhecido para muita gente e para ajudar a acompanhar o melhor dessa competição, vou aproveitar este post para fazer uma mega análise do que pode acontecer neste torneio.

OS FAVORITOS

Claro que o Brasil sempre entra como favorito em qualquer competição de futebol, mas vamos ver quem pode fazer frente aos nossos jovens.

  • ESPANHA – FRANÇA

Esses são mais do que dois candidatos ao título, são na verdade duas equipes com a rivalidade mais forte da competição. A rivalidade entre essas gerações de franceses e espanhóis vem desde 2008.

Tudo começou na disputa do Europeu Sub-17 de 2008. Espanha e França chegaram a final, praticamente com as mesmas equipes que jogam o Mundial desse ano. Na ocasião, com atuações brilhantes do brasileiro Thiago Alcantâra, a Espanha goleou por 4 a 0 e levou o título.

Nas eliminatórias européias para a Copa do Mundo Sub-20, no Europeu Sub-19 de 2010, novamente um encontro na final e foi a vez dos franceses devolverem a amarga derrota de anos atrás. Foi 2 a 1 para França e a história entre essas duas equipes que batalham desde 2008, pode ter continuidade no Mundial.

A Espanha chega bem pra competição, mas desfalcada. A equipe 1991, dos jogadores Sub-20, é tão forte que muitos jogadores representaram o país no pré-olimpico. A equipe foi campeã da competição, mas alguns jogadores não voltaram para o time Sub-20. É o caso do brasileiro Thiago Alcantâra.

Sem o filho do Mazinho, o grande astro passa a ser Dani Pacheco, do Liverpool. O atacante foi artilheiro no Europeu Sub-19 de 2010 e chega em boa forma para a disputa do Mundial.

A França chega com o status de campeã européia da categoria, claro. Gaël Kakuta, do Chelsea, comanda a seleção, papel que assumiu há alguns anos e não largou mais.

Se ocorrer o duelo, será um dos mais interessantes do torneio.

  • Nigéria

A Nigéria é mais uma equipe que chega com o status de campeã para o torneio. Os nigerianos bateram os camaroneses na final da Copa africana da categoria.

Essa é a mesma geração que foi vice-campeã do Mundial Sub-17 de 2009, na própria Nigéria. Com certeza eles vêm pra essa edição em busca do título que acabou nas mãos dos suíços dois anos atrás.

O mais importante é lembrar que os nigerianos conseguiram tudo isso sem poder contar com a principal estrela do time: Ahmed Musa, que joga na Holanda. Nos campeonatos anteriores, a equipe pelo qual Musa joga impediu sua convocação.

Na Copa Africana, Musa jogou apenas um jogo e foi logo forçado a voltar para a Holanda e se reapresentar á sua equipe. A conclusão é que, em teoria, a seleção nigeriana que vem disputar este mundial é mais forte do que a que foi campeã africana recentemente.

Alguns outros nomes:

  • Argentina
  • Uruguai

Por tudo que, creio, já foi visto no Sul-Americano. São respectivamente terceiro e segundo colocado da competição vencida pelo Brasil, sendo que a Argentina bateu a seleção brasileira.

  • Camarões

Atual vice-campeã africana da categoria. Time muito forte fisicamente.

Existem claro outras equipes como Portugal, México e Colômbia, que também chegam fortes e podem surpreender, mas acredito que as já citadas estão ao menos um passo a frente.


This entry was posted in Especiais, Mundial Sub-20, Seleções brasileiras, Uncategorized. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>