Resumo da primeira fase do #MundialSub20

GRUPO A 

  1. Colômbia (c)
  2. França (c)
  3. Coréia do Sul
  4. Mali

No primeiro grupo do campeonato quase nenhuma surpresa. A ordem natural daria a França, atual campeã européia da categoria, em primeiro lugar. Só que com a força de jogar em casa, a Colômbia provou ser mais perigosa do que a seleção que jogou no Sul-Americano.

Na ocasião os colombianos ficaram em sexto lugar e ao golearem os franceses logo na primeira rodada, já provaram que podem ir bem mais longe no Mundial.

Quem sabe até onde James Rodriguez, do Porto, e Luís Muriel, do Lecce, podem levar esta seleção? Não duvido que eles cheguem até uma provável semifinal contra Brasil ou Espanha.

A França ainda sente as fracas atuações do astro Gaël Kakuta, mas consegue se segurar no decisivo Gilles Sunu, que fez os dois gols na final do Europeu contra a Espanha.

A França enfrenta o Ecuador na quarta-feira, já a Colômbia pega a Costa Rica nesta terça feira. Ambos devem passar.

GRUPO B

  1. Portugal (c)
  2. Camarões (c)
  3. Nova Zelândia
  4. Uruguai

O grupo mais equilibrado da competição tinha que fazer uma vitima e acabou sendo o Uruguai.

Os vice-campeões sul-americanos tinham chances até a última rodada, quando enfrentaram Camarões, mas faltou ousadia, faltou agressividade.

Camarões e Uruguai fizeram na última rodada uma partida praticamente eliminatória em busca da vaga nas oitavas de final. Melhor para os africanos. A Nova Zelândia é que surpreendeu e se mostrou uma equipe bem armada.

Em suma, Camarões apresentou um bom futebol, até melhor que o de Portugal, que acabou primeiro colocado do grupo. A equipe continua chegando forte ao ataque, finaliza demais, mas acerta de menos. Em três jogos foram 58 chutes, nem todos no gol.

Portugal segue com um futebol democrático e contou com boas atuações de Nelson Oliveira, do Benfica, para avançar.

Portugal pega Guatemala e deve passar com muita facilidade. Camarões deve ter muitas dificuldades contra o México.

GRUPO C

  1. Espanha (c)
  2. Ecuador (c)
  3. Costa Rica (c)
  4. Austrália

Tudo dentro dos conformes no Grupo C.

A Espanha, apesar de vice-campeã da Europa, provavelmente é a melhor seleção européia da competição, passou com tranquilidade para a segunda fase da Copa do Mundo.

São muitos jogadores de destaque na seleção espanhola e todos rendendo bem. O brasileiro Rodrigo tem se apresentado em boa forma. Sérgio Canales, do Real Madrid, fez ótimas apresentações até agora e claro, Álvaro Vasquez, do Espanyol, que já tem quatro gols.

Foi muito graças a eles que a Espanha passou em primeiro lugar com duas goleadas e uma vitória fácil sobre o Ecuador. O Ecuador que, vale lembrar, deu muito trabalho pro Brasil durante o Sul-Americano, no qual ficou em quarto lugar.

A seleção equatoriana também passou de fase, assim como a Costa Rica.

Enquanto a Espanha encara a Coréia do Sul e deve ter facilidade para chegar as quartas de final, o Ecuador pega a França e a Costa Rica a Colômbia. Ambos talvez já estejam fazendo as malas para voltarem pra casa.

GRUPO D

  1. Nigéria (c)
  2. Arábia Saudita (c)
  3. Guatemala (c)
  4. Croácia

A Nigéria, melhor seleção africana do torneio, passou muito fácil para as quartas de final. Foram 12 gols feitos e apenas dois sofridos em três jogos.

O mais legal da campanha nigeriana é ver as boas atuações de Ahmed Musa, considerado a grande promessa do país.

Musa ainda não havia disputado uma competição oficial pela Nigéria por causa de seu clube na Holanda (o VVV-Venlo). Ele marcou em todos os jogos, até agora.

A Arábia Saudita, com justiça pelas atuações, conseguiu ficar com a segunda colocação.

A grande decepção foi a Croácia, que deu muito mais trabalho para Arábia Saudita e Nigéria, mas estranhamente perdeu por 1 a 0 para a Guatemala e perdeu a vaga como um dos melhores terceiros colocados.

A Arábia Saudita pega o Brasil, a Nigéria enfrenta a Inglaterra e a Guatemala encara Portugal. Dá pra ver nos nomes Arábia Saudita e Guatemala devem ficar pelo caminho.

GRUPO E

  1. Brasil (c)
  2. Egito (c)
  3. Panamá
  4. Áustria

Sem nenhuma surpresa. Brasil e Egito passaram sem maiores dificuldades.

Depois de um começo preocupante contra os egipcios, o Brasil embalou e sem nenhuma dificuldade passou por Austria e Panamá.

A atuação contra a Austria foi muito boa, mas contra o Panamá apenas razoável. De qualquer jeito os adversários eram fracos.

O Egito fez um grande primeiro jogo contra o Brasil e foi até mais perigoso em muitos momentos do jogo e isso credenciou o time para uma boa campanha e quem sabe, até despachar os nossos hermanos nas quartas de final, mesmo que seja difícil.

O Brasil pega a Arábia Saudita e o Egito encara a Argentina.

GRUPO F

  1. Argentina (c)
  2. México (c)
  3. Inglaterra (c)
  4. Coréia do Norte

Não tinha como esperar nada diferente: Argentina, México e Inglaterra passaram de fase, exatamente nessa ordem.

A Argentina não é muito diferente da equipe que o Brasil enfrentou no Sul-Americano. É forte, mas ao mesmo tempo frágil. Difícil de entender? Os argentinos são dependentes e oscilam muito.

Muitas vezes criam pouco, muito pouco e acabam se complicando por causa disso. Nessa Copa do Mundo foram pouquissimas chances claras de gol em algumas partidas.

Apesar de ficar em segundo lugar, o México chegou a se apresentar bem melhor do que os hermanos. A derrota na estreia foi um acaso. O time cria muito e não venceu a Inglaterra por um milagre.

Os Ingleses mostraram força no sistema defensivo, mas um ataque totalmente ineficiente. O time nem tomou e nem fez gols no Mundial, mas conseguiu passar de fase.

This entry was posted in Mundial Sub-20. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>