Com virada espetacular, Santos bate Paulista de Jundiaí e fica perto da vaga na final do Paulista Sub-17

Neste sábado o Santos foi até Jundiaí enfrentar o Paulista pelo primeiro jogo da semifinal e voltou para o litoral com a vitória por 4 a 2.

Considerado favorito com folga no duelo, o Santos foi surpreendido na primeira etapa. Os donos da casa não só saíram na frente com um gol de pênalti marcado por Zé, aos 24 minutos de jogo, como ampliaram o marcador apenas seis minutos mais tarde, com Allef.

A equipe de Jundiaí foi para o intervalo com uma boa vantagem, o que com certeza não era esperado nem pelos mais otimistas torcedores do Centro Esportivo Romão de Souza.

No segundo tempo, porém, o Santos voltou sabendo o que precisava fazer. O time tinha apenas 40 minutos para marcar ao menos três gols e voltar para casa com a vitória.

Logo aos dois minutos do segundo tempo, bate e rebate na área e a bola acabou sobrando para Serginho Soler, que diminuiu para os meninos da Vila.

Em uma boa cobrança de falta, Lucas Crismpim tratou de empatar o jogo aos 12 minutos da etapa final.

O Santos ainda tinha tempo de sobra quando Bruno Lamas, o homem das bolas paradas, virou o jogo em mais uma cobrança de falta. Até por isso, ainda deu tempo de Victor Andrade arrancar, driblar dois zagueiros e marcar um belo gol, para selar a vitória santista.

Agora o Santos pode até perder por dois gols de diferença no jogo de volta, que ainda assim garante a passagem para a grande final.

This entry was posted in Paulista Sub-17. Bookmark the permalink.

2 Responses to Com virada espetacular, Santos bate Paulista de Jundiaí e fica perto da vaga na final do Paulista Sub-17

  1. Valeu pela correção

  2. Gabriel says:

    Sérgio que fez o gol não é zagueiro, é o Serginho Soler ex-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>