Prévia: Santos e Palmeiras fazem a final do Paulista Sub-17

O Paulista Sub-17 chegou na sua decisão com um clássico entre dois dos grandes e tradicionais times do estado. Palmeiras e Santos vão fazer dois jogos para decidir quem será o campeão paulista sub-17 de 2011.

O Santos é o atual campeão do torneio. Em 2010, os garotos santistas venceram o São Paulo na grande final. Primeiro 2 a 0 na Vila Belmiro e na volta outra vitória, 2 a 1 para o Santos em pleno estádio do Morumbi.

Nesse ano a equipe do litoral chega na final para enfrentar uma situação semelhante a do ano passado. A equipe também entra em desvantagem por ter uma campanha geral pior que a do seu adversário.

Por isso o segundo e decisivo jogo será com mando do Palmeiras, que ainda tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais.

A equipe santista, no entanto, é bem mais badalada e por muitos considerada uma das melhores da categoria no Brasil. São diversos nomes que fazem muitos acreditarem na qualidade santista:

Bruno Lamas disputa bola com PH Ganso em treino com os profissionais

Bruno Lamas é o responsável pelas bolas paradas no Peixe. Suas cobranças de falta costumam levar perigo, inclusive quando ele tem a possibilidade de jogar a bola na área. Isso também transforma os escanteios cobrados por Bruno em uma arma forte para o Santos.

Jogando em uma posição entre volante e meio-campista, Bruno é um daqueles jogadores muito úteis para o time. Sem ele o ritmo do jogo santista é outro. Com mais atenção a marcação, o trabalho dele pode ser comparado ao de Paulo Henrique Ganso, guardadas as devidas proporções, claro.

É claro que não trata-se apenas de Lamas, o meio-campo e o ataque santista são fortes como um todo, com Lucas Crispim, que marcou gols nos últimos três jogos, Lucas Otávio e Neilton.

Até nomes que costumam vir do banco, como o ex-são-paulino Sérginho Soler, são perigosos e claro, dois nomes tem que ser sempre considerados: Vitor Hugo e a estrela Victor Andrade, os dois nomes fortes do ataque santista.

Guido, goleiro do Santos e por muito tempo da seleção brasileira

A zaga tem o campeão mundial sub-15 pelo São Paulo Caique e apesar de olhando de modo geral ter tido algumas falhas durante a competição, ainda é a terceira defesa mais eficiente do campeonato.

Vale destacar que o goleiro santista é Guido Andrade, um dos melhores da categoria e que já foi nome praticamente fixo da seleção. No entanto, segundo o treinador Émerson Ávila, ficou de fora em 2011 apenas por um problema respiratório, que não foi problema quando o Santos disputou a Copa Bicentenário, no México.

O Palmeiras vem de uma campanha incrível. É a melhor equipe da competição na classificação geral e vive uma grande fase depois de passar com uma inesperada tranquilidade pelo Desportivo Brasil, que até a semifinal era o melhor time do Paulista Sub-17.

O ataque do Palmeiras tem sido incrível: é o segundo melhor com 83 gols e deve muito disso para as chegadas dos seus laterais: Césinha pela direita e Lima pela esquerda.

Lima em ação no Paulista Sub-17

São dois atletas que chegam forte ao ataque, com velocidade e oportunismo também. E se precisar de substitutos, Léo aparece bem também, pois é outro lateral que chega muito ao ataque e tem muita velocidade.

Outro fator que ajuda o Palmeiras a chegar ainda mais forte nessa decisão é o retorno de Bruno Sabiá. Ele desceu do time B para jogar a fase final e é o organizador do time. Todas as jogadas passam pelos pés de Sabiá, que dita o ritmo do jogo e deixa várias vezes seus companheiros em ótima posição para marcar.

No ataque fica a dúvida: Hugo Ragelli vai conseguir participar da final? Ele é o artilheiro da equipe com 19 gols e não encarou o Desportivo por causa de uma lesão na coxa, no entanto, exames apontam que ele já está bem para atuar, apesar do período de recuperação previsto ser maior.

Lucas Taylor deve jogar se Hugo Ragelli ainda não tiver condições

Se não jogar, seu substituto deve ser o polivalente Lucas Taylor, que já jogou de volante, meia-atacante, mas rende muito como um camisa 9 de verdade e por isso subiu de produção quando substituiu Ragelli na semifinal.

A zaga tem a força de Luiz Gustavo, ex-seleção. Ele teve bastante experiência com a amarelinha no sub-13, sub-14, sub-15 e no sub-16 e é o responsável por afastar a bola quando ela chega na área. Gustavo é forte na jogada aérea defensiva e tem ótimo tempo de bola.

Holneiker é o zagueiro artilheiro, chega forte no ataque e faz a primeira proteção, jogando quase como um volante às vezes, dada a sua qualidade com a bola nos pés.

E muitos outros nomes ainda poderiam ser citados, como os meio-campistas João Denoni e Bruno Dybal. O Palmeiras tem um conjunto forte.

Será um grande confronto entre duas equipes que fizeram campanhas incríveis. Apesar do Santos ser mais badalado, é um confronto onde não é possível apontar um favorito, principalmente pelo alto rendimento do Palmeiras na semifinal.

O primeiro jogo será neste sábado às 10h no Ulrico Mursa. A entrada é franca!

This entry was posted in Paulista Sub-17, Uncategorized. Bookmark the permalink.

One Response to Prévia: Santos e Palmeiras fazem a final do Paulista Sub-17

  1. REGIANE says:

    ACREDITO QUE NESTE ANO VAI DAR PALMEIRAS POIS PRECISAM MOSTRAR PARA O TIME PROFISSIONAL COMO SE GANHA TÍTULO PORQUE JÁ VIROU UMA VERGONHA VER O PALMEIRAS NA SITUAÇÃO EM QUE ESTÁ.REGIANE PALMEIRENSE ATÉ A MORTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>