Mão na taça: Desportivo Brasil bate São Paulo e abre vantagem pra decisão em casa do Paulista Sub-15

São Paulo e Desportivo Brasil se enfrentaram em Cotia pelo primeiro jogo da final do Paulista Sub-15. Como nos dois outros encontros entre as duas equipes, o Desportivo levou a melhor. A equipe gerida pela Traffic venceu por 2 a 0 e deu um largo passo em busca do título estadual da categoria.

Carrasco do tricolor e autor dos gols nas duas vitórias do Desportivo na primeira fase, Bruno Gomes mais uma vez deixou sua marca. Após um cruzamento, ainda no primeiro tempo, o artilheiro cabeceou sozinho para o gol. Bruno já tem 29 na competição e é o artilheiro isolado.

Com o placar a favor, os visitantes passaram a explorar os contra-ataques. Não foi difícil controlar o desentrosado ataque do São Paulo. Com Bruno Silva, Joanderson e Queiróz na seleção, o tricolor entrou com um time bastante modificado. Ewandro e João Paulo pareciam não se entender em campo, sempre um trocando de lado com o outro sem qualquer efetividade.

Por volta dos 20 minutos do segundo tempo o goleiro do Desportivo deu um chutão, a zaga perdeu o tempo de bola e Renato saiu sozinho para fazer o segundo gol e liquidar a fatura.

A volta será em Porto Feliz e como tem a melhor campanha do campeonato, o Desportivo pode até perder por dois gols de diferença, que ainda sairá de campo campeão.

Os gols do jogo:

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Paulista Sub-15. Bookmark the permalink.

19 Responses to Mão na taça: Desportivo Brasil bate São Paulo e abre vantagem pra decisão em casa do Paulista Sub-15

  1. Paulo says:

    Sr. Joaquim

    Realmente como disseram acima, você precisa ter certeza antes de falar.

    Sou advogado e pai do BRUNO GOMES artilheiro do campeonato paulista sub 15 deste ano, jogador que fez 4 gols no seu Sao Paulo esse ano e “até onde sei” vi com lagrimas nos olhos meu filho nascer em 19.07.1996 ãs 11:15hs, na maternidade São José, na cidade São Paulo.

    Aliás, ele nasceu em São Paulo, não nasceu em estados onde sempre aparecem os gatos, e digo mais foi devidademente registrado no cartório de Santana, se você quiser pode ir lá, e se preceisar de mais algum dado sobre, por exemplo, escola me procure ok.

    Por isso meu caro, não acuse sem saber, isso posso falar pelo meu, pois caso contrario terei que pedir judicialmente ao proprietário desse site, seu cadastro, e seu IP para ingressar com a açao competente ok. Abs.

    Paulo

  2. gabrielfuh says:

    Uma coisa é você formar atletas para o seu time profissional e futuramente eles irem para a Europa. Outra é você contratar jogadores a pedidos de clubes da Europa e manter eles no clube pela transação iminente.

  3. Junqueira says:

    Gabriel, obrigado pela tua pronta resposta. Apenas uma dúvida: Meu filho joga em um dos melhores clubes do Brasil, com outros atletas formados pelo DB. Amigos dele formados na mesma geração pelo DB estão em outros clubes do Brasil, alguns jogando no profissional e outros quase lá. Que tanto você fala de clube de exportação. Hoje, se tudo correr bem, meu filho terá uma carreira neste clube grande. Daí, nunca se sabe. Podemos ir para o exterior, por que não. Qua mal há nisto??

  4. gabrielfuh says:

    Segundo o próprio diretor de negócios internacionais da Traffic, existe sim a garantia de que os atletas vão para Manchester e o valor da “transação” é fixo, independente dos resultados obtidos pelo jogador. O Desportivo Brasil segura o garoto, menor de 18 anos, para que ele vá para o Manchester quando atingir a maioridade. Só existe uma possibilidade para a negociação não ocorrer em definitivo, que seria o Manchester não aprovar o atleta após um período de seis meses na Inglaterra. Nesse caso ele, teoricamente, volta para o Desportivo.

    Por enquanto, Rafael e o zagueiro, que eu esqueci o nome, estão ambos na Europa. Um no Manchester e o outro no Twente, esperando o passaporte europeu.

    Se a lei diz que você não pode fazer negociações com atletas estrangeiros e você usa um outro clube para fazer as negociações, que é o que o Manchester faz com o Desportivo Brasil, então sim, você está burlando a lei. Você achou uma brecha para atuar.

    Quanto a conversar com os pais dos atletas, sou inclusive amigo dos pais de alguns garotos que vão para Manchester. Não tenho dúvida de que eles estão felizes, afinal, que pai não quer ver o filho com caminho traçado para um dos maiores e mais ricos times do mundo? Não tenho dúvida também quanto a qualidade do Desportivo Brasil enquanto clube formador. Minha reclamação não é quanto ao tratamento de jogadores.

  5. gabrielfuh says:

    Entendo o senhor, mas devo ressaltar que a minha critica ao Desportivo Brasil não diz questão ao tratamento que dá aos jogadores. Até porque, como meramente um clube de exportação, o Desportivo Brasil tem que ter uma estrutura de padrão internacional. Isso eu digo tanto em relação a estrutura física, com equipamentos e instalações, como em coisas mais subjetivas.

  6. André Lima says:

    Discordo totalmente, Gabriel. Pelo que entendi dessa relação entre Desportivo e Manchester, não há nenhuma garantia de que os jogadores serão transferidos para lá com 18 (portanto, não há que se falar em “contrato de gaveta”). Essa seleção precoce é normal no futebol, não só no Brasil, mas em diferentes lugares do mundo. Ilegal ou “burlar a lei” seria levar os pais para a Inglaterra, dar um emprego qualquer e ficar com o menino lá desde já. O Manchester está detectando talentos e investindo para que possam se tornar bons jogadores. Para isso usa de uma das melhores estruturas do Brasil. Tudo dentro da legalidade.
    Insisto para que você converse com pais e atletas do Desportivo Brasil, incluindo estes selecionados pelo Manchester, para saber o que eles acham disso. Ficar alegando “imoralidade” sem entender a real condição e situação desses meninos, me parece um pouco leviano da sua parte. Imoral é a condição dada por muitos dos principais clubes do Brasil aos atletas da base. Imoral e desumana!

  7. Junqueira says:

    Oi Gabriel,
    conheço bem a maneira do Desportivo Brasil trabalhar pois sou pai de um atleta formado por lá que hoje esta em um grande clube do Brasil. Somos muito gratos ao DB e realmente acreditamos que o sucesso de meu filho está ligado a tudo que ele passou neste clube, desde os 14 anos que ele chegou dispensado de um “clube grande”. Até hoje acompanho os jogos do DB e se tivesse outro filho colocaria no DB pois sei que não teria politicagem, injustiça e não haveria formação igual no Brasil.

  8. gabrielfuh says:

    É uma maneira do Manchester ter uma espécie de contrato de gaveta com os garotos. Como o contrato é feito para o Manchester em função do Manchester, é sim uma forma de burlar a lei da Fifa. Até porque os garotos são “contratados” antes mesmo de fazerem 15 anos. Na minha opinião uma atitude imoral e prejudicial ao futebol brasileiro.

  9. André Lima says:

    Obrigado pela resposta, Gabriel. Para mim está ainda mais claro que não há nenhuma irregularidade nessa parceria. Vc acaba de confirmar que os jogadores somente são transferidos após os 18 anos. Se eles são selecionados com 12, 13, 14 ou 15, não importa. A “lei da FIFA” não proíbe que os clubes tenham scouting em qualquer lugar do mundo para buscar jovens talentos (desde que sejam transferidos depois de 18 anos). Quantos clubes estrangeiros não fazem isso sem estabelecer qualquer parceria com clube brasileiro? E fora que, pelo que eu saiba, não há nenhuma garantia de que os atletas selecionados serão transferidos para o Manchester.
    O Desportivo Brasil, também pelo que eu andei pesquisando, ainda proporciona a esses meninos aulas de inglês, aulas de noções de economia, acompanhamento psicológico, odontológico, médico, etc. Acho que para a sua matéria ser completa, vale entrevistar os pais dos meninos e ver o que eles acham do tratamento que seus filhos recebem lá.

  10. Reginaldo says:

    Vai estourar assim como o Roniely atacante que era de idade biológica atrasada (Alias cadê ele? e também como o DIOGO! Nossa lembrei dele – Lateral Esquerdo que no Sub-15 já era desse tamanho! Lá no Marília onde foi comprado! Ou o Alfredo e o nosso amigo Gabriel Novais que já estão ficando calvos! Mas não são maturados! Pra resumir o SPFC é uma grande escola de formação! Isso é fato! Tem o melhor trabalho do Brasil! Isso é fato também! Mas não é só elogios e certezas, erram como todos erram. Melhor SR Joaquim José que você “segure”e respeite o trabalho dos outros, como DB, Paulínia, Red Bull e demais entidades sérias e organizadas que buscam o espaço que o SPFC já tem faz tempo! Abração!

  11. Reginaldo says:

    Temos também Joanderson que é Tardio né! E também nosso amigo Evandro! Que tem vídeos de Futsal Sub-15 em Pernambuco há 3 anos atrás! Estranho né! Mas ele é TARDIO também! Vai estourar assim como o Sérgio Mota!

  12. Reginaldo says:

    É Joaquim José você de idade Biológica e Maturação entende bastante! Estou impressionado! Realmente Bruno Gomes, Arthur, Renatinho , Leo Duarte, Elvis e Ronaldinho são muito maturados mesmo! Kauê então! Nem se fala né! Ah, o Polidoro, Gabriel Machado e João Paulo do SPFC são tardios né! Auro também! ACORDA meu, para de inventar coisa e fale com fundamentos!

  13. gabrielfuh says:

    1. As transferências internacionais de jogadores só são permitidas
    se o jogador tiver mais de 18 anos.
    2. Aplicam-se a esta regra as três excepções seguintes:
    a) os pais do jogador passam a residir, por razões não relacionadas ao futebol
    no país do novo clube, ou
    b) a transferência tem lugar dentro do território da União Europeia (UE) ou do Espaço
    Económico Europeu (EEE), e o jogador tem entre 16 e 18 anos. Neste caso, o Novo
    Clube tem de preencher as seguintes obrigações mínimas:
    i. fornecer ao jogador educação e/ou formação futebolística adequada ao nível do
    mais elevado padrão nacional de qualidade.
    ii. garantir ao jogador uma educação ou formação académica, escolar ou
    vocacional, para além da educação ou formação futebolística, que permita ao
    jogador seguir uma carreira para além do futebol, no caso de o mesmo deixar de
    jogar futebol profissional.
    iii. tomar todas as medidas necessárias a garantir que o jogador é tratado da melhor
    maneira possível (com um óptimo nível de vida junto de uma família de
    acolhimento ou num alojamento do clube, nomeação de um mentor no clube,
    etc.)
    iv. fornecer à respectiva Federação, no momento da inscrição do jogador, provas de
    que está a cumprir as obrigações acima referidas; ou
    c) o jogador reside a uma distância não superior a 50km da fronteira nacional, e o
    clube em que o jogador se pretende inscrever na Federação vizinha também se situa
    a menos de 50km da fronteira. A distância máxima entre o domicílio do jogador e o
    clube é 100km. Neste caso o jogador tem de continuar a residir em seu primeiro domicilio.

    Bom, o Desportivo permite que o Manchester selecione jogadores brasileiros de 14 anos de idade e segura eles até ter 18. É uma maneira de permitir que a equipe inglesa contrate jogadores brasileiros antes da data permitida, como um pré-contrato, que só poderá ser efetivado quando ele fizer 18 anos e a contratação for realmente regulamentada.

  14. André Lima says:

    Gabriel: gostaria que vc nos falasse qual a “lei da FIFA” que o Desportivo estaria violando? Já estudei muito casos na FIFA e essa parceria entre Desportivo e Manchester não me parecem “burlar” qualquer regulamento.

    Joaquim: a sua acusação é muito grave. Se vc tem prova disso, é caso de polícia. Caso contrário, cuidado com essas alegações, pois podem te trazer problemas muito sérios.

    abrs!

  15. Joaquim José says:

    Uma pena Que ninguém comenta a idade biológica dos atletas do desportivo Brasil. A diferenca no aspecto físico é nítida entre os dois times. Ganhou hoje no sub 15, mas serão goleados no sub 17 e 20 pois estes atletas “maturados” terão pouca evolução em relação a hoje. Já os garotos selecionados pelo sao Paulo além de terem qualidade técnica, tem potencial maior de evolução pois tem idade biológica inferior aos do desportivo. Vide goleiro do desportivo que todos sabem no meio do fitebol que é 93 e joga com o rg do irmão mais novo que é 96.

  16. gabrielfuh says:

    O problema de ter esquema com um time estrangeiro, é literalmente sugar o futebol brasileiro sem dar nada em troca. Literalmente nada. Apenas explorar os jovens talentos a mando de uma equipe estrangeira e ainda por cima sendo usado para burlar uma lei da Fifa. Isso tudo, na minha opinião, é imoral.

    Ninguém está criticando os garotos, eles tem qualidade, caso contrário não estariam no Desportivo. O que eu critico e não o fiz nessa matéria, é a atitude e o objetivo do Desportivo Brasil.

    Não acho que fui parcial no post, coloquei tudo como deveria ser colocado. Sem exaltar e nem menosprezar ninguém, como costumo fazer na maioria das vezes. Na golerada por 6 a 0 do São Paulo, eu tinha que exaltar a equipe, afinal eles fizeram algo histórico na categoria, o Santos era o grande carrasco das duas últimas gerações tricolores e também da que disputou o jogo, por isso a vitória foi mais importante do que o normal.

    No mais, tenho uma opinião convicta sobre o trabalho do Desportivo. Para mim é imoral, nada contra os atletas, sucesso pra eles, mas o que o Desportivo faz é imoral. O que claro, não elimina as coisas sujas que também acontecem em clubes tradicionais, que não são times empresa.

  17. Lucas says:

    O São Paulo perdeu 3 vezes esse ano pros Desportivo, e ainda tem gente falando de time de aluguel. Eu acho que vocês deveriam respeitar pelo menos os jogadores do time, se o clube é de aluguel ou não é problema deles, mas os jogadores são muito bons.
    E outra né, qual é o problema do clube ter uma parceria com um clube estrangeiro? eu acho melhor do que ter esquema com empresário né!
    Afinal quanto a esquema Sr. Fernando, todo mundo sabe como é a base do São Paulo, e que o Sr. Juan Figer tem carta branca lá para fazer seus esquemas, e é por isso, que o São Paulo não revela mais como revelava antes.
    Só mais uma coisa, se fosse 2×0 pro São Paulo, com certeza a matéria teria como título “SHOW TRICOLOR”, e só exaltando o São Paulo.
    Às vezes a mídia precisa ser mais imparcial.

    Vamos parar com isso né
    Abs a todos

  18. gabrielfuh says:

    Compraram essa matéria de mim, vai sair em dezembro ou janeiro em uma revista de uma grande emissora. Não posso dizer o nome, abraços.

  19. Fernando Paiva says:

    Boa Tarde, Gabriel!Infelizmente o São Paulo perdeu para o time de aluguel ou Manchester United Brasileiro de esquema.Quando você postará de novo aquela matéria do Desportivo Brasil,Twente e Manchester United?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>