Flamengo e São Paulo: as duas decepções da Copinha 2012

A Copa São Paulo tem como intuito principal revelar jogadores, mas é claro que todo mundo quer ganhar e a equipe que vai revelar mais tem que fazer uma boa campanha. Dois dos grandes favoritos ao título eram Flamengo e São Paulo, mas desapontaram e caíram ainda na primeira fase.

Adryan com a camisa do Flamengo

O Flamengo brigava pelo bicampeonato consecutivo e por isso a expectativa era muito grande em cima do rubro-negro carioca. Uma boa parte do time campeão ainda jogou essa Copinha como titular e além disso muito era esperado do ataque e do meio-campo flamenguista.

Era praticamente um time de galácticos do futebol de base: Lorran, Muralha, Adryan, Thomás e Iguinho, peças de meio-campo e ataque que geram muita expectativa na gávea. Muitas delas já aproveitadas no time de cima por Vanderley Luxemburgo.

A decepção com o Flamengo foi muito grande, pois o time saiu da competição sem ao manos conseguir uma vitória.

Onde estava o Adryan que era o craque da seleção sub-17? Thomás, a grande esperança de Luxemburgo? Muralha e Lorran, que foram estrelas na Copinha de 2011? Onde estavam eles?

Além da atuação apagada das estrelas, a zaga flamenguista mostrou milhares de falhas, mas a falta de movimentação do meio-campo e ataque foi o que matou o time mesmo. Três empates e uma eliminação precoce para o atual campeã da Copinha.

O time seguiu o rendimento fraco que apresentou no brasileiro sub-20. A equipe foi eliminada na primeira fase, com a pior campanha do Grupo 2 e apenas dois pontos e um gol marcado.

O São Paulo vive uma situação parecida. A expectativa era grande, já que era a primeira chance da geração do São Paulo campeã mundial sub-15 de 2009. Mais do que isso, foi uma geração que não chegou na final em apenas duas ocasiões, mas ambas em 2011.

É verdade que nomes importantes de 2009 já deixaram o tricolor.

Lucas Farias, o menos pior do São Paulo na Copinha

Enfim, o São Paulo sub-17 que foi a base do time começou o ano muito bem e foi arrasador nas fases iniciais do Paulista sub-17. Ademilson ainda foi pra seleção e apareceu pro Brasil inteiro o que quem acompanha esse time 94 do São Paulo já sabia.

No entanto, depois que Lucas Piazon deixou o tricolor para jogar no Chelsea o rendimento caiu muito e o tricolor acabou eliminado precocemente do estadual.

A conquista do Paulista sub-20 pouco tem a ver com essa geração da Copinha, já que poucos nomes que nela estiveram jogaram o torneio de juniores. Apenas João Felipe, Bruno, Guilherme Corrêa e Gabriel Modesto, jogaram como titulares o estadual.

A preparação para o Copinha foi conturbada. Nomes principais do time estavam baleados por contusão: Allan, que se machucou durante os amistosos e Mirray voltando de uma lesão grave no joelho, que deixou o meia parado praticamente 2011 inteiro, são apenas dois exemplos. Pra completar, Sérgio Baresi, que fez a relação de jogadores, deixou o clube em cima da hora.

O time acabou sendo mal montado e o trabalho de Zé Sérgio volta a ser motivo de criticas para muitos como foi após o mal paulista.

A estreia na Copinha foi empolgante, com 10 a 0 sobre Palmas-TO, mas depois só decepção. Contra marcação forte, o São Paulo não conseguiu jogar. O Sergipe segurou, o Barueri também conseguiu e o tricolor caiu.

Lucas Farias foi bem na competição, até quando jogou improvisado na esquerda. De resto o São Paulo esteve mal, pois claro, joga muito mais do que fez na competição. O time pareceu bastante nervoso e inseguro, talvez culpa de toda a expectativa criada sobre eles.

O importante é que boa parte dos jogadores vão poder jogar novamente na Copinha de 2013. Mais maduros, os garotos podem apresentar o futebol que os consagrou como um dos melhores times de base do Brasil.

 

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde dezembro de 2010, Gabriel Fuhrmann tem passagens por veículos de todas as mídias: iG, Rede Globo, Jovem Pan e Diário de São Paulo. Com internet, televisão, rádio e impresso no currículo, se especializou em futebol de base, mas não seguiu a carreira nos periódicos. Hoje é comentarista das categorias amadoras no programa No Mundo da Bola Jovem Pan e mantém o blog apenas como um hobby.
This entry was posted in Copa São Paulo. Bookmark the permalink.

One Response to Flamengo e São Paulo: as duas decepções da Copinha 2012

  1. antonio carlos damas says:

    Olha só. Para um torneio sério como é a Copinha, não se pode dar o luxo de levar jogadores contundidos e muito menos com 6 meses ou até mesmo um ano parado, voltando a ter contato com bola só na fase de preparação para o torneio. O professor Zé Sérgio prá mim é o menos culpado, porque não foi consultado sobre a qualidade técnica dos jogadores, até porque ficaram nome importantes para o esquema dele, fora da relação, tais como Patrick Cruz que levou o sub 20 à final, Gullit que chegou a ser convocado para a seleção, Felipe Alves ( Naí) que foi avaliado pela comissão como uma da melhores evolução em 2011, ou seja, não foi levado em consideração o momento de alguns jogadores que estavam voando, preferiram levar jogadores “bichados”, e taí o resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>