Em seu aniversário de 18 anos, Lucas Piazon se prepara para novos desafios na Inglaterra e comenta fracasso de seu ex-clube na Copa São Paulo

Neste dia 20 de janeiro de 2012, Lucas Piazon completou 18 anos e abriu naturalmente uma nova gama de possibilidades para a sua carreira. Treinando no Chelsea desde setembro de 2011, Piazon agora pode disputar partidas oficiais pela equipe principal do time inglês.

Com a camisa da seleção, Piazon recebe prêmio

Por sua carreira meteórica, o futuro de Piazon gera muita expectativa para todos. O jovem começou a despontar em Curitiba, onde foi estrela tanto do Coritiba quanto do Atlético-PR. No entanto, quando chegou ao São Paulo ganhou destaque mundial, ao ser um dos principais nomes da Copa Nike e artilheiro isolado do Sul-Americano sub-15 pela seleção brasileira.

No Chelsea, disputando os torneios para reservas e juniores, Piazon já anotou dois gols e ganhou muitos elogios da imprensa internacional e também da comissão técnica, mesmo assim o atacante mantém os pés no chão.

“Não é porque fiz 18 anos que tenho que jogar no primeiro time. O que muda é que agora posso ser inscrito na equipe principal, mas jogar ou não vai depender do treinador e da minha evolução aqui”, disse Lucas Piazon, em entrevista para este blogueiro. “Aqui o futebol é bem mais dinâmico e bem mais rápido que no Brasil, se você não estiver bem preparado fisicamente, não consegue jogar”.

Lucas Piazon jogando com a camisa do Chelsea

É claro que Piazon mantém a esperança de realizar sua estreia oficial ainda em 2012: “Aos poucos espero ter algumas chances no time principal em 2012. Seria a realização de um sonho e é tudo que espero para este ano”.

Desde que chegou ao Chelsea, Piazon está deslumbrado com a qualidade das instalações da equipe inglesa.

“Aqui (na Inglaterra) tem muita diferença. Os gramados são todos muito bons, além disso ficamos muito mais próximos dos jogadores do time principal, pois almoçamos no mesmo refeitório e utilizamos as mesmas academias e isso é importante, pois eles estão sempre dispostos a nos ajudar”, comenta Piazon.

Curiosamente, a distância entre o time principal e os times amadores foi uma das maiores críticas feitas por especialistas e dirigentes quanto ao trabalho em Cotia. Mesmo assim Piazon não vê o CT são-paulino muito atrás do inglês: “Aqui (na Inglaterra) temos aulas particulares, aprendemos inglês, culinária e também disputamos a FA Cup e a Premier League, na categoria de reservas e juniores, que são dois torneios muito importantes. Ainda assim não é muito diferente do São Paulo, lá os meninos da base são muito bem tratados e a estrutura é ótima”.

Piazon foi destaque da Copa Nike, considerado o Mundial sub-15

Por falar em São Paulo, Lucas também aproveitou a conversa para comentar o fracasso da equipe são-paulina na Copa São Paulo 2012. O time eliminado na primeira fase era exatamente o mesmo time do qual Lucas Piazon foi o principal jogador por alguns anos.

“Isso (a eliminação na Copinha) pode acontecer com qualquer equipe grande. Eles não podem desanimar, pois a estrada longa e o futebol tem dessas coisas. Eu confio muito em vários meninos de lá e isso sem falar no Zé Sérgio, um cara fantástico, que me ajudou demais”, comentou o atacante, que não acredita que sua ausência tenha sido determinante. “Minha saída não teve influência de forma alguma. Em Cotia passaram vários garotos talentosos, que saíram, assim como eu. O que aconteceu foi um acaso, é um time muito bom, foi uma fatalidade”.

Lucas se despediu mandando uma mensagem para os ex-companheiros e revelou um sonho futuro: “Queria aproveitar pra mandar um abraço para todos os amigos que fiz em Cotia e também a comissão técnica, que sempre me tratou super bem. Também quero agradecer aos fãs que tenho no Brasil e espero que eles continuem torcendo por mim e se um dia eu voltar, espero que seja para jogar pelo São Paulo. Se tem um clube que eu gostaria de jogar no Brasil é o São Paulo”.

 

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>