Reviravolta: Depois de decisão do TRT, contrato de Oscar com o São Paulo volta a ser válido

A novela envolvendo o meia Oscar e o São Paulo ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira. Tudo começou em 2009, quando jogador e clube iniciaram uma batalha judicial por causa da emancipação e dos termos de contrato do atleta, motivada pelo empresário de Oscar, Guiliano Bertolucci.

Oscar comemora gol pela seleção brasileira sub-20 na final da Copa do Mundo da categoria

O caso teve muitas reviravoltas nestes pouco mais de dois anos e agora o vento soprou a favor do tricolor.

Oscar havia ganho a causa em junho de 2010. Na época a decisão foi tomada pela juíza Eumara Nogueira Borges Lyra Pimenta, que já havia concedido a liberação do atleta de seu vínculo com o São Paulo de forma provisória em dezembro de 2009.

Na sua decisão, Eumara não havia acatado a emancipação de Oscar como algo prejudicial ao jogador, mas anulou a renovação do meia com o São Paulo baseada em pagamentos parcialmente atrasados.

Após sua renovação, o salário de Oscar passaria a ser reajustado três meses depois do tempo previamente previsto, algo considerado prejudicial ao empregado, segundo a decisão de junho de 2010, que resultou pouco depois na transferência de Oscar para o Internacional.

O São Paulo entrou com o recurso e o novo capítulo finalmente chegou.

O TRT julgou o caso e decidiu que o contrato anulado pela juíza Eumara Nogueira Borges Lyra Pimenta, é válido, pois não foi prejudicial ao atleta.

Sem contar o período que Oscar está sem prestar seus serviços de jogador ao São Paulo, o contrato do meia com o tricolor tem validade até setembro de 2013.

Isso não significa que o jogador vá voltar para o São Paulo, mas com certeza trará problemas para o Internacional.

Oscar está no Inter desde junho de 2010 e tem contrato com a equipe gaúcha até 2016. O Internacional é dono de 50% dos direitos federativos do meio-campista.

O atleta e seu advogado, André Ribeiro (o mesmo do Nilmar), devem apelar à Fifa ou entrar com alguma medida cautelar.

 

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>