Copa Ouro sub-17: O primeiro duelo entre o “Big Three de Manchester” e os “Meninos da Vila”

A Copa Ouro sub-17 é uma pequena prévia do que pode acontecer no Campeonato Paulista da categoria neste ano.

É claro que a Copa Ouro, torneio realizado pela APF, não tem o mesmo glamour de outros torneios juvenis, mas os clubes que participam aproveitam para fazer testes muito importantes nos seus times.

Algo que o regulamento da competição possibilita, ao dar sete substituições e mais uma especial do goleiro. Ao permitir que atletas disputem em duas categorias diferentes (mas nunca dois jogos no mesmo dia), etc.

Infelizmente a falta de glamour (questões políticas) tira do torneio alguns dos principais formadores do estado, como São Paulo, Palmeiras e Corinthians. No entanto, até por isso, outras equipes levam vantagem na busca pelo título, que este ano deve ficar entre Desportivo Brasil e Santos.

Ano passado ambos decepcionaram bastante, mas provaram que foi apenas um torneio ruim. O Santos, munido com Jean Chera e Victor Andrade, acabou eliminado na primeira fase. Já o Desportivo tinha como estrela o atacante Aguilar e também caiu na fase inicial.

O Corinthians, que este ano não joga, e a Portuguesa, disputaram o título. Os alvi-negros levaram a melhor.

O Desportivo Brasil vai botar (finalmente) a prova um trio que já está na imaginação dos torcedores do Manchester United faz algum tempo. Com os artilheiros Bruno Gomes e Aguilar no ataque e Lucas Evangelista no meio-campo, a equipe gerida pela Traffic deve mostrar se o investimento inglês está valendo a pena ou não.

Nos fóruns na internet, torcedores dos Red Devils já classificam os três como o trio mágico do Brasil.

Além disso, o Desportivo mantém muitos jogadores do time que foi campeão paulista sub-15 com folgas em 2011, torneio do qual Bruno Gomes foi destaque com 30 gols e a Copa Ouro sub-15, também no ano passado. O time perdeu nomes importantes, como Vinicius Ronaldinho, que foi pro Palmeiras, mas de modo geral muitos ficaram.

Outro ponto importante, é que esta é a última competição antes dos garotos viajarem para Manchester, já que em março eles devem passar duas semanas treinando no United. Ao todo, durante o ano, os atletas do Manchester United, que jogam pelo Desportivo, chegam a fazer três viagens para a Inglaterra.

Já o Santos entra com uma equipe mais entrosada, mas talvez um pouco mais fraca. A base é exatamente a mesma que fez boa campanha no Paulistão sub-15 de 2011, com Gabriel Barbosa como o meia mais ofensivo e o volante Robertinho funcionando como o motor do meio campo.

Ambos chegam mais experientes, depois do decepcionante massacre que sofreram para o São Paulo no ano passado no Paulista. Para o artilheiro Gabigol, ainda há a experiência de ter disputado o Nike Friendlies pela seleção e a Copa Santiago com o Santos sub-17.

A desvantagem dos “Meninos da Vila”, apesar do entrosamento provavelmente maior, está justamente em trabalhar apenas com o time 96. Pode ser que considerem uma equipe mais promissora e pretendam trabalhar ela para uma outra competição futura, já que até no vice do Paulista sub-15 de 2010, o time era recheado de atletas 96.

Para a tristeza da competição, se ambas as equipes fizerem a campanha esperada, elas vão se encontrar no embate da semifinal e tirando o gosto de uma grande finalissima entre as duas que devem ser sensação na categoria juvenil neste ano.

No mais, talvez Red Bull, São Caetano, Portuguesa e Guarujá, até possam surpreender, mas duvido que, em condições normais, briguem de igual para igual com Santos e Desportivo Brasil.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base.
This entry was posted in Copa Ouro sub-17, Uncategorized and tagged . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>