Victor Andrade, caçula da seleção sub-20, volta ao Brasil para treinar com os profissionais do Santos

O Brasil conquistou torneio sub-20 na África do Sul e o blog do Gabriel Fuhrmann conversou com o destaque mais jovem do time montado por Ney Franco

O Brasil conquistou o Torneio 8 Nações sub-20, disputado na África do Sul. O título marca um começo de sucesso para a seleção brasileira no seu projeto para o Mundial 2013 e o início da trajetória do santista Victor Andrade.

Victor Andrade e a taça de campeão

Com apenas 16 anos de idade, o atacante foi o mais jovem do Brasil no torneio. Durante a competição Victor foi titular apenas uma vez, contra o Japão, mas esteve presente em todos os jogos, entrando no decorrer da partida.

O gol saiu apenas quando Victor foi titular. Ele marcou um, Ademilson outro e Bruno Mendes mais dois. O Brasil venceu o Japão por 4 a1.

“O grupo estava muito unido. Não tinha panela, essa coisa de ficarem juntos os caras que jogam no mesmo time, tava todo mundo em busca da mesma coisa e foi muito bom”, comentou o jovem, que vestiu a camisa da seleção pela primeira vez. “A camisa da seleção me vestiu muito bem, não teve peso nenhum não. Foi muito bom jogar pelo Brasil e graças a Deus iniciar minha trajetória com o título, estou muito feliz “.

O Brasil conquistou o título em cima da rival Argentina, apenas no segundo tempo da prorrogação em uma partida muito difícil, que contou com a estrela do atacante Ademilson.

“A final foi muito difícil. Muita pancadaria, eles batiam demais, tô todo machucado ainda. A gente já achava que o jogo iria pros pênaltis, quando o Ademilson fez o gol e depois o João ainda fez mais um, a gente nem sabia o que fazer direito”, contou o atacante, confessando que apesar disso, essa não foi a partida mais difícil. “O jogo mais complicado foi contra a África do Sul, na semifinal. Eles jogando em casa e aquelas vuvuzelas eram muito chatas. Ganhamos nos pênaltis. Graças a Deus deu tudo certo”.

Victor, o mais novo da geração, vive a expectativa de talvez jogar o Mundial sub-20 em 2013, quando terá 17 anos. Em entrevista para este blog, Ney Franco contou que pensa no atleta para a competição em 2015.

“Eu me esforcei muito e espero ter deixado uma boa impressão. Joguei bem, sei que não sou nenhum craque, mas sei que tenho qualidade e procurei mostrar que posso ajudar”, contou Victor Andrade. “O Ney é um ótimo treinador e foi muito bom trabalhar com ele e com toda a comissão. O que ele decidir com certeza será o melhor para a equipe”.

Se não conseguiu convencer Ney Franco, o atacante ao menos chamou a atenção de Muricy Ramalho.

Victor revelou que volta de Cape Town para já treinar entre os profissionais a partir desta terça-feira.

Notícia relacionada: Ney Franco comenta convocação da seleção sub-20

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Seleções brasileiras and tagged . Bookmark the permalink.

4 Responses to Victor Andrade, caçula da seleção sub-20, volta ao Brasil para treinar com os profissionais do Santos

  1. Gustavo says:

    Gabriel, parou de atualizar o blog?

  2. wanderson fernandes says:

    Cara leio sempre seu blog mas faz tempo q vc não escreve nada, eu queria q vc respondesse por favor sobre a convocação do sub 17 o q vc achou dela e se vc acha q o Luiz Eduardo merece mais oportunidades na seleção sub 20 pq não vejo nenhum jogador q possa ser convocado pra zaga q joga melhor q ele até mesmo no são paulo ele é o zagueiro mais técnico da equipe merece ate ser titular na equipe ele coloca Paulo Miranda e Edson Siva no bolso é melhor q os dois juntos e outra coisa o Regis tem muita qualidade deveria ser até titular na equipe principal do são paulo com certeza ele é melhor q Oswaldo e Fernandinho e o q vc acha do menta técnico do são paulo sub 17 .

  3. gabrielfuh says:

    Eu gosto do Vitor Hugo, mas discordo de você. O Victor Andrade sempre teve um rendimento muito bom jogando com atletas mais velhos e isso faz diferença na avaliação. O Vitor Hugo é bom jogador, mas o Victor Andrade está acima em muitos quesitos, no meu modo de ver.

    Quanto ao Ewandro, já comentei sobre ele algumas vezes e é um atacante muito habilidoso com um ótimo chute de meia distância. Ano passado teve algumas partidas em que não se encontrou em campo e isso acabou custando um pouco caro pra ele, que ficou no banco algumas vezes. Na final (segundo jogo) ele foi sensacional e nesta temporada está muito bem também. Junto com Joanderson (na minha opinião o melhor dos três) e Bruno Pereira, está comandando uma geração de ouro dos /96 tricolores.

  4. Fernando Paiva says:

    Olá,Gabriel! Eu prefiro o Vitor Hugo do que o Vitor Andrade. Na ,minha visão rendeu muito mais do que ele .

    Até o chico Formiga que facleceu concorda comigo nessa matéria na Espn.

    http://espn.estadao.com.br/futebol/noticia/258456_VIDEO+IDOLO+DO+SANTOS+NAS+DECADAS+DE+50+E+60+CHICO+FORMIGA+MORRE+AOS+81+ANOS#comentarioAba

    No final ele fala do Vitor Hugo.

    Gabriel, queria que você comentasse sobre o jogador do São Paulo do sub 16 juvenil chamado Ewandro.

    Da onde surgiu esse menino? O Garoto tem muito potencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>