O Lucas que voltou (e outras coisas mais)

Bombas tricolores! São chegadas e saídas na base do São Paulo FC. Confira todos os detalhes neste post.

Dois Lucas ficaram muito famosos no São Paulo: Lucas Piazon foi o Lucas que foi embora, fazer carreira no Chelsea, da Inglaterra. O outro, Lucas Moura, foi o que ficou e brilhou com a camisa tricolor, sendo vendido por cerca de 110 milhões de reais.

Apresento para vocês o terceiro Lucas, o Lucas que voltou.

Como assim voltou? Pois é. O São Paulo contratou o meio-campista Lucas Evangelista, um dos jogadores do Desportivo Brasil prometidos ao Manchester United. Lucas já havia sido tricolor, mas acabou seduzido pelo Desportivo Brasil bem hora de assinar seu primeiro contrato profissional, com a garantia de jogar na equipe inglesa.

Ele acabou escolhendo o Desportivo e por causa disso foi blindado pelo time da Traffic. Impedido de dar entrevistas, entre outras coisas, virou motivo de briga com o tricolor.

Há algum tempo ele deu uma boa entrevista ao blog (confira aqui),

O São Paulo adquiriu parte dos direitos econômicos do atleta, que é nascido em 1995. Outra parte pertence ao Manchester United e uma terceira parte ainda pertence ao Desportivo Brasil.

O empréstimo com o São Paulo é válido por dois anos, com opção de renovação por mais três anos. Caso renove, o time do Morumbi ficará com uma fatia ainda maior do jogador. As porcentagens pertencentes a cada clube não fora divulgadas.

Embora boa parte da carreira de Lucas tenha sido voltada ao projeto Manchester United, inclusive com diversas viagens, os planos do atleta parecem ter mudado: “Eles (Manchester) vão ficar olhando minha evolução, mas to com a cabeça só no tricolor, quero jogar no profissional o mais rápido possível e permanecer no elenco”, disse Lucas.

Essa contratação faz parte de uma grande mudança no São Paulo. Como muito bem colocado pelo colega Dassler Marques, no olheiros.net e no Portal Terra, foram 14 contratações de jogadores nascidos entre 1993 e 1996.

*colaboração especial de Laercyo Aguiar

Outros nomes importantes

Os volantes Gladstony (ex-Twente) e Robertinho (ex-Santos) também chegaram ao São Paulo.

Robertinho é o caçula do grupo de novas contratações para a base, nascido em 96 deve integrar o elenco que irá disputar o Paulista sub-17 de 2013. Trata-se de um grupo que gera muitas esperanças em Cotia, com nomes badalados, como o trio de ataque formado por Joanderson, Bruno Pereira e Ewandro. O meio-campista Matheus Queiroz e o zagueiro Lucão, todos com boas passagens pelas Seleções de base.

Gladstony, de 19 anos, passou pela mesma situação de Lucas. Não chegou a jogar no São Paulo, mas faz parte do projeto Manchester e inclusive chegou a treinar e jogar no Twente, hospedeiro da equipe inglesa enquanto espera que os jogadores recebam passaportes europeus.

Confira a lista completa de atletas contratados (Gladstony, que só fica até 31 de janeiro, não consta)

MISSÃO!

A missão desses garotos é clara, mas nada simples: conquistar a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

A diretoria tricolor está enfurecida com as últimas campanhas dos jovens são-paulinos. Para completar, boa parte dos atletas de ponta da categoria Júnior já foram incorporados ao time principal: Ademilson, Henrique Miranda, Lucas Farias, João Schmidt, Rodrigo Caio e Luiz Eduardo. Esses dificilmente voltam para jogar outra Copinha, a não ser que o desejo pelo título seja absurdo, uma verdadeira obsessão.

A cobrança será grande em cima dos recém-chegados, que se não ganharem, precisam ao menos agradar e muito a diretoria, pois o investimento financeiro foi muito alto.

Enquanto alguns chegam, outros saem…

Muitos jogadores não ficarão no São Paulo para a próxima temporada. Rumores dão conta de que a grande maioria será emprestada para equipes de menor porte.

A rapa já começou este ano, com jogadores emprestados a times do interior, como o atacante Patrick (que rescindiu e foi para o Corinthians) e o meio-campista Hugo, que voltou e já foi embora de novo. Ambos fizeram testes no Botafogo-SP e segundo informações, estes “testes” serão mais frequentes em 2013.

Os boatos dizem que até jogadores badalados, como o volante Allan e o meia de ligação Mirray, podem fazer parte dessa lista.

O São Paulo está disposto a dar experiência para diversos jogadores, motivado pelo choque da má atuação na Copinha e pela reclamação constante de pessoas da coordenadoria de futebol de base com a ausência do time em muitas competições das categorias infantil e juvenil.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Copa São Paulo, Paulista Sub-15, Paulista Sub-17, Paulista sub-20 and tagged . Bookmark the permalink.

9 Responses to O Lucas que voltou (e outras coisas mais)

  1. Gustavo says:

    Olá Gabriel!

    Sabe dizer quando os reforços poderão estrear? Só ano que vem?

  2. Régis e Alfredo já estão fazendo por merecer uma chance no time principal, espero que o Ney Franco esteja atento ao dois para a próxima temporada.
    Não acredito que Ney Franco ache o Willian José melhor que estes dois.
    Abs.

  3. gabrielfuh says:

    Acho que tem muito futuro. Uma pena que é difícil de ver ele jogar por causa das questões burocráticas.

  4. Carlos says:

    Oi Gabriel, por favor, me diga o q vc acha do Tyroane. Acha q ele tem futuro? Qual é a expectativa do SPFC sobre ele? E qto ao Gabigol, será q ele vem mesmo?

  5. gabrielfuh says:

    Não agora e provavelmente nem no primeiro semestre do ano que vem.

  6. gabrielfuh says:

    Muito obrigado

  7. Pingback: Torcida Tricolor Independente

  8. Douglas says:

    Pq vc acha q contrataram até um goleiro?

    E Alfredo, Regis Mirrai, Bruno Cantanhede, entre outros não terão oportunidades no profissional?

  9. Willian says:

    Bela matéria!!

    e só pra informar o Patrick Cruz já rescindiu e foi pro corinthians e o Hugo Rodrigues foi emprestado pro Botafogo-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>