Top 5: os principais destaques do Sul-Americano sub-20

A Seleção Brasileira foi mal no Sul-Americano, mas teve muito gringo que fez valer a pena acompanhar a competição. Veja cinco nomes que se destacaram no torneio continental


1 – Juan Fernando Quintero (Colômbia)

O camisa 10 da Seleção da Colômbia  foi definitivamente o principal destaque da competição. Meio-campista do Pescara (ITA), onde já fez 12 jogos pelo time profissional, o jovem de 19 anos sobrou na competição.

Muito comparado com James Rodríguez, do Porto (POR), Quintero mostrou que tem muitas qualidades para fazer valer o dinheiro investido pela Inter (ITA). Foi  um meio-campista completo durante o torneio. Além de apresentar velocidade, dribles e passes precisos, cumpriu mais do que sua função: foi artilheiro do time e vice-artilheiro da competição.

Quintero também mostrou que bate faltas com maestria, tanto colocado quanto usando a força. Contra a Argentina fez um gol de falta de muito longe, em uma cobrança que, segundo informações, chegou a 130km/h.

Olho no jovem, que deve ser destaque na Série A em muito breve.

2 – Nicolás Castillo (Chile)

Se o Chile foi a grande sensação da primeira fase, muito se deve ao jovem atacante Nicolás Castillo. Com a difícil função de suprir a ausência de Ângelo Henríquez, do Manchester United, o atacante da La U não decepcionou.

Veloz e com bastante força física, para a idade, Castillo provou que tem faro de gol ao marcar cinco vezes na competição. Isso justifica, inclusive, o interesse do São Paulo em seu futebol. Em 2012, na semifinal da Copa Sul-Americana, foi Castillo quem marcou o gol de empate dos chilenos, quando o jogo foi em Santiago.

Depois da grande participação no Sul-Americano, ofuscando estrelas como Diego Rúbio e Bryan Rabello, o tricolor voltou a manifestar interesse. Agora vai?

3 – Nicolás Lopez (Uruguai)

Franzino e polêmico, desde o princípio já se esperava que Nicolás Lopez, da Roma (ITA), fosse um dos principais destaques da competição e não foi diferente. Lopez marcou seis gols e foi artilheiro isolado do torneio.

Quem só acompanhou o Brasil na competição, pôde ver como a velocidade e a finalização do jovem fazem a diferença. Ele marcou nos acréscimos do segundo tempo e deu a vitória por 3 a 2 para os uruguaios.

López foi a grande sensação da Seleção celeste, marcou em todos os jogos da primeira fase e duas vezes na fase final. Um jogador de raro talento.

4 – Edison Flores (Peru)

O quarto lugar desta lista é de Edison Flores, do Villarreal (ESP). O meio-campistamarcou duas vezes no torneio, mas foi disparado o principal jogador dos peruanos.

Incansável, Flores correu o campo todo em todas as partidas, mostrando muita raça e atrapalhando bastante as defesas adversárias. Como meio-campista, muitas vezes voltava para uma área que deveria ser dos volantes e assim surpreendia, desenhando as jogadas para que Benavente (Real Madrid) e principalmente Yordi Reyna (Parma) aparecessem na cara do gol.

A versatilidade para jogar em qualquer lugar do campo, os passes precisos e até a classe para finalizar poderiam ter culminado em algo maior. Flores chegou a colocar o Peru no Mundial, mas o empate do Chile tirou a vaga.

5 – Derlis Gonzáles (Paraguai)

Pouco se acreditava na capacidade da Seleção Paraguaia. Rodrigo Albornoz parecia estar sozinho no time, mas em conjunto os guaranis brilharam e conseguiram o vice-campeonato do Sul-Americano sub-20 de 2013.

O grande destaque ficou por conta de Derlis Gonzáles, que já passou pela Seleção principal e é jogador do Benfica (POR). Gonzáles marcou quatro vezes e foi artilheiro da equipe. O desempenho mostrou um atacante com ótimo posicionamento e qualidade de finalização.

Não deve demorar para subir no Benfica e cavar sua vaga definitiva na Seleção principal.

*menções honrosas John Córdoba (Colômbia), Yordi Reyna e Christian Benavente (Peru),

 

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base.
This entry was posted in Sul-Americano sub-20 and tagged , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>