Depois de passagem pelo Manchester, meia brasileiro tenta segunda chance na Inglaterra

Jovem meia sub-21 fez parte do Projeto Manchester, no Desportivo Brasil e agora tenta sua segunda chance no Middlesbrough

O jovem Rafael Leão foi um dos primeiros participantes do Projeto Manchester United, desenvolvido no Desportivo Brasil, a tentar a chance na equipe inglesa. Não deu certo. Um ano mais tarde, o jovem tenta a sorte em outro time inglês, o Middlesbrough.

O meio-campista, nascido em 1993, fez parte da audaciosa parceria entre Desportivo Brasil e Manchester United, que prometia levar talentos brasileiros aos Red Devils. Por conta da cidadania europeia, tornou-se um dos primeiros a de fato fazer parte do elenco da equipe inglesa.

Depois de quase dez meses de Manchester, o clube resolveu não usar sua opção de compra em Rafael e devolveu o jovem ao Desportivo Brasil, em abril do ano passado.

Sem oportunidades no Projeto Manchester, o jovem acabou se desligando dos vínculos com as duas equipes e aproveitou uma oportunidade no Ituano. Coincidência do destino, por conta do presidente Juninho Paulista, o clube do interior de São Paulo também tem parceria com uma equipe inglesa, o Middlesbrough e Rafael foi um dos selecionados para treinar novamente na Terra da Rainha.

O destino deu a segunda chance para o jovem brilhar nos gramados europeus. Junto com ele está o companheiro de time Marcos Rhoder, da mesma categoria. Ambos treinam no Boro, como o time é chamado, desde fevereiro deste ano.

No entanto, embora as esperanças sejam grandes, o técnico Tony Mowbray tenta ser realista na sua empreitada: “Não vamos achar um novo Neymar, se ele estivesse no Ituano iria para o Manchester. Os jogadores terão seu tempo para mostrar serviço e aprender por aqui. Todos que vierem terão chances para impressionar”.

Depois de se recuperar de uma cirurgia no pé, Rafael fez sua estreia em um amistoso pelo time sub-21 e agradou o treinador.

“Ele foi muito bem e pareceu estar em boa forma”, disse o Mowbray. “Ele está se recuperando de uma lesão, jogou atrás do centro-avante e foi muito bem. Sua atuação agradou bastante”.

Rafael Leão, ou Pereira, como vem sendo chamado em seu novo time, vai ficar no clube até o final da temporada europeia, assim como seu companheiro de Ituano Marcos Rhoder. Se dará certo dessa vez? Só o tempo poderá dizer.

 

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Promessas do futebol. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>