Com “selecionáveis” São Paulo sub-17 faz 9 a 0 no Paulista

Depois de sofrer com empates, derrotas e atuações instáveis sem contar com seus cinco atletas convocados para a Seleção, o São Paulo jogou quase 100% e goleou fácil

O São Paulo finalmente pôde contar com sua força quase total no Paulista sub-17. Sem ter em campo os astros da geração Lucão, Ewandro, Bochilia, Auro e Gustavo Hebling, o Tricolor foi instável, perdeu para o Osasco, em casa, empatou com São Caetano e Nacional.

Depois de cinco jogos, finalmente a força do time foi complementada. Com todos os “selecionáveis” em campo, exceção feita ao meia-atacante Boschilia, que com lesão no tornozelo ficou de fora, o São Paulo não deu chances para o Cotia e goleou por 9 a 0.

Só o atacante Ewandro, um dos bons destaques da Seleção Brasileira no Sul-Americano da categoria, fez quatro e completaram o placar Joanderson e Matheus Queiróz (que não estavam no Sul-Americano, mas somam convocações para as Seleções de base) com dois gols cada e Felipe Araruna, que fechou o marcador.

Um fato curioso do jogo de hoje foi a disposição dos laterais-direitos Auro e Foguete em campo. Contratado com muita moral e parte da Seleção até se lesionar e perder a vaga para o concorrente na amarelinha, Foguete foi titular em sua posição de origem nesta manhã. O companheiro, por sua vez, acabou deslocado para o meio-campo, onde também desempenhou ótimo papel, como mostrou no próprio Sul-Americano.

O Tricolor enfrenta o Osasco no dia 18 e dessa vez não poderá contar com o zagueiro Lucão, que estará com a Seleção sub-20 e deve integrar o elenco profissional em sua volta ao São Paulo.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base.
This entry was posted in Paulista Sub-17. Bookmark the permalink.

6 Responses to Com “selecionáveis” São Paulo sub-17 faz 9 a 0 no Paulista

  1. eracles says:

    muito obrigado gabriel

  2. Gabriel Fuhrmann says:

    Vejo mais potencial no Joanderson. Acho Gabigol muito superestimado pelo que fez no passado. Boschillia é ótimo também.

  3. pistoleiro says:

    quem é melhor joanderson,gabigol ou gabriel boschilia?eu gostei muito do joanderson,o que esse muleque joga é brincadeira,se for humilde e evoluir tem tudo pra ser melhor do que o lucas,lembra-me muito o roben melhorado que sabe fazer mais gols,e pra você gabriel fuh ?

  4. Bruno Burlamaqui says:

    O garoto que o São Paulo trouxe do Grêmio Barueri, que ia pro Coritiba, e assim frustrou empresários e outros indivíduos que de alguma forma se beneficiariam com esta transferência, daí a ”revoltinha” destes, é um sub-17? Se for, sabe dizer se ele tem jogado, Gabriel Fuhrmann? Para justificar essa certa celeuma, seria ótimo se ele for um bom valor mesmo, porque tirar jogador mais ou menos dos outros e ainda ouvir blá blá blá/mi mi mi é duplamente desagrdável.

    O clube buscou vários jovens para integrar o infantil e o juvenil, mas até agora só vi uma mínima referência de destaque, que pertence ao ex-corintiano Bruno Dip, pois marcou um gol na goleada do sub-15 tricolor, no CFA, também contra o correpodente do Cotia FC.

  5. Gabriel Fuhrmann says:

    Algun acho super-valorizados e outros não. Gabigol já foi muito bom, mas não evoluiu como esperado. Citadini, pelo contrário, não era um super-jogador, mas teve uma grande evolução. Neilton é super-valorizado por ser fisicamente parecido com o Neymar. Dodozinho e Bruno são muito novos pra qualquer julgamento. Abraços

  6. giovani says:

    gosto muito do seu blog gostaria se possível vc falasse da base do santos se realmente la ta cheio de craque como e noticiado todo dia ou é super valorização principalmente neilton, citadini , gabigol , bruno funicelli , dodozinho. obrigado desde ja .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>