Com show de selecionáveis “esquecidos”, São Paulo e Santos empatam no Paulista sub-17

Com destaque para Fernando, do Santos, Ewandro, do São Paulo e muitos gols, o clássico San-São terminou empatado pelas quartas de final do Paulista sub-17

Pelas quartas de final do Paulista sub-17, São Paulo e Santos podem ter feito um dos melhores jogos do campeonato em 2013. Com direito a atuação incrível de jogadores esquecidos por Gallo para o Mundial da categoria, o clássico San-São, em Cotia, terminou 4 a 4.

O São Paulo teve cinco desfalques, que estão disputando o Mundial da categoria com a Seleção: o zagueiro Lucão, o volante Gustavo Hebling, o lateral Auro, além do meia Boschillia e do atacante Joanderson, que até hoje era artilheiro da equipe na competição.

Até hoje porque, esquecido por Alexandre Gallo, mesmo após boa participação no Sul-Americano e grandes apresentações, com direito a golaço do meio campo, na Copa do Brasil da categoria, Ewandro jogou, marcou três vezes e passou o companheiro: ele agora tem 14 gols na competição, Joanderson tem 13. O outro gol são-paulino foi marcado por outro que também já esteve na Seleção algumas vezes, o volante Matheus Queiroz.

Já os santistas não puderam contar com o volante Thiago Maia, que também está na disputa do Mundial. Gabigol também serve a Seleção, mas já está entre os profissionais, então não é considerado desfalque. Chance pra outro volante brilhar, justamente Fernando, que para muitos era um dos mais cotados para também participar da Seleção.

Como homem surpresa, Fernando aproveitou sua boa finalização para marcar três vezes. O outro gol dos santistas foi marcado pelo lateral Diogo. O faro para gol do volante tem explicação: em categorias mais jovens, Fernando costumava jogar como atacante. No futsal, pelo sub-13, chegou a marcar 30 gols em uma única competição. Fernando é o artilheiro do sub-17 do Santos.

Apesar do empate e do jogaço, forte candidato a um dos melhores do ano, o tricolor foi melhor na partida, mas os pequenos vacilos custaram caro. O São Paulo chegou a abrir 2 a 0 no placar, mas o Santos buscou o empate. O tricolor voltou a ficar na frente em 3 a 2 e 4 a 3, mas no último minuto, com um gol de pênalti, os rivais conseguiram o empate.

Os confrontos entre os times /96 de São Paulo e Santos parecem marcados para serem surpreendentes. Em 2011, no sub-15, os times se enfrentaram na semifinal, com uma equipe santista badalada, com nomes como Gabigol e Robertinho, que hoje está no São Paulo.

Ainda podendo contar com seus selecionáveis (na época apenas Joanderson, Bruno Pereira e Lucão), o São Paulo, que havia perdido no jogo de ida, surpreendeu e massacrou o Santos, em Cotia: 6 a 0, com direito a quatro gols de Joanderson.

O São Paulo foi para a final, mas desfalcado de seus principais jogadores, não se encontrou no primeiro jogo e acabou perdendo para o Desportivo Brasil, de Bruno Gomes.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado, no CT Rei Pelé. Quem vencer, avança para as semifinais do Paulista sub-17 2013.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Promessas do futebol. Bookmark the permalink.

2 Responses to Com show de selecionáveis “esquecidos”, São Paulo e Santos empatam no Paulista sub-17

  1. giovani says:

    Gabriel o dodozinho saiu da base do santos vc tem noticias dele onde estar jogando? e o que vc acha da seleçao sub 15 que foi convocada , valeu.

  2. Platão says:

    Ainda não jogaram foguete,bruno pereira…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>