Aidar não quer Muricy em 2015, ainda bem

Já faz muito tempo que eu sei que a vontade da grande maioria da diretoria e principalmente do presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, é de tirar Muricy do comando do tricolor em 2015.

O principal motivo é a atitude do treinador, que não condiz com as diretrizes traçadas para o São Paulo e hoje Muricy deu mais uma prova de que Aidar está absolutamente certo em sua decisão.

Hoje Muricy perdeu um jogo sozinho, justamente pelas atitudes que são mais reprovadas pela diretoria tricolor e a primeira delas é a birra com a base.

Que Muricy está com problemas de relacionamento com Boschilia já é perceptível, desde que brigou com o meia-atacante em campo, no clássico contra o Corinthians. Uma atitude totalmente destemperada e tão juvenil, quanto ele julgou o atleta na época. Brigar em campo, de forma exacerbada com um jogador, não é o tipo de coisa que se espera de um treinador experiente.

O novo alvo da birra de Muricy é o lateral-direito Auro. O jovem entrou bem no time, jogando na sua posição de origem, a lateral-direita, mas Muricy acha que não. Embora o time só tenha tomado dois gols nos primeiros três jogos e ambos sem qualquer responsabilidade de Auro, contra o Botafogo, Muricy quer o jovem em outra posição.

Enquanto isso, o super-técnico improvisa Hudson e Paulo Miranda na lateral-direita. Isso mesmo, o clube forma um lateral de boa qualidade, que entra bem aos 18 anos, mas o técnico quer que ele mude de posição e IMPROVISA outros dois jogadores.

Se Muricy acha que Auro não marca bem para jogar na lateral, não seria uma função dele treinar para que o jogador evolua essa função também? É muito fácil esperar o jogador 100% pronto e se isentar de fazer o próprio trabalho.

Hoje Muricy errou em tudo que fez.

Em primeiro lugar, ao tirar Maicon, que pediu para sair, deveria ter colocado Auro. No entanto, como está de birra com o jogador, não o fez. Se colocasse Auro, poderia deslocar Hudson para o meio, sua posição de origem e onde rende mais e colocar o jovem na lateral, sua melhor posição também.

Em vez disso, preferiu colocar Boschilia fora de posição, talvez já esperando que ele não rendesse até. Muricy tem opções ótimas em Cotia para fazer a função do Maicon, como Felipe Araruna, Matheus Queiroz e Gustavo Hebling, mas nem cogitou subir os jovens.

Depois cometeu um erro que já foi cometido outras vezes: tirou Alexandre Pato para colocar Luis Fabiano, algo que simplesmente não dá para aceitar e hoje foi ainda pior e mais ridículo. A birra com Pato vem de longa data, já que segundo Muricy, o atacante nem sempre marca o lateral, como ele gosta.

Hoje foi mais absurdo porque Osvaldo errou todas as suas jogadas no primeiro tempo, levando o próprio Muricy a loucura e no segundo tempo quase não encostou na bola. Kardec foi ainda pior, tocou pouco na bola nos dois tempos de jogo. Vai entender porque, Muricy prefere tirar o atacante mais habilidoso do time.

Mesmo com a atuação pífia de Osvaldo, que no primeiro tempo foi péssimo e no segundo não jogou, ele só tirou o atacante para colocar Ewandro aos 40 do segundo tempo. Isso mesmo, 40 do segundo tempo. Com certeza, tempo de sobra pro Ewandro mostrar seu futebol. Aliás, Ewandro entrou bem, quem sabe se tivesse entrado antes.

Está de parabéns o Muricy por seu desserviço ao São Paulo na tarde de 12/10/2014. Ainda bem que Aidar não quer você no banco do São Paulo para estragar também essa data em 2015.

Sobre isso, a opção favorita era Sampaoli, mas é quase impossível de trazer. Tite tem sido sondado, mas é trocar 6 por meia dúzia. As melhores opções seriam Marcelo Oliveira ou Cuca, na minha opinião.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Promessas do futebol. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>