Após primeiro tempo apagado, Brasil bate Colômbia na estreia do Sul-Americano sub-17

Seleção não fez grande partida, mas com recuperação no segundo tempo e entrosamento entre atacantes, virou o jogo e estreou com vitória na competição

O Brasil não começou bem no Sul-Americano sub-17, mas contou com bons contra-ataques e o ótimo entrosamento entre os atacantes Evander e Leandro para vencer a Colômbia por 3 a 2 e garantir a vitória na estreia da competição.

Caique, do São Paulo, disputa a bola na estreia do Brasil

Muito apagado e errando um número absurdo de passes na primeira etapa, o Brasil praticamente não conseguiu criar oportunidades no primeiro tempo. A defesa, por vezes desatenta, chegou a dar brechas para os adversários e a punição veio literalmente no último lance dos 45 minutos iniciais.

Zé Marcos e Ronaldo dormiram no ponto e o goleiro Bruno acabou cometendo pênalti, que foi convertido por Bolaños. Não havia mais tempo nem para o Brasil dar a saída de bola. (veja o gol)

Depois de um começo apático, o Brasil precisava ser diferente no segundo tempo. A atuação não melhorou muito, mas a Seleção achou uma boa jogada. Depois da saída do goleiro, a bola sobrou para Lincoln, do Grêmio, que achou Leandro, da Ponte Preta escapando da marcação. O atacante invadiu a área, driblou o goleiro e empatou o jogo. (veja o gol)

Não muito depois, o ataque brasileiro mostrou ótimo entrosamento. O atacante vascaíno Evander armou o contra-ataque com Leandro, que ganhou a linha de fundo, invadiu a área e esperou o companheiro chegar para a conclusão. (veja o gol)

O gol da virada animou o time, que melhorou muito em campo e chegou ao terceiro gol com o também vascaíno Andrey, que aproveitou a bola espirrada na área para bater de primeira e ampliar. (veja o gol)

Poderia ter sido a calmaria que o Brasil precisava, mas a Seleção mal deu a saída de bola e um vacilo da zaga permitiu que os colombianos diminuíssem a vantagem, colocando emoção no final do jogo. (veja o gol)

A Colômbia passou a pressionar, principalmente nos cinco minutos de acréscimos dados pelo árbitro. No penúltimo lance da partida, com praticamente todos os jogadores de linha no campo de defesa do Brasil, Bruno saiu do gol para tirar o cruzamento, a bola caiu no pé do atacante colombiano, que tocou por cobertura, mas Zé Marcos salvou em cima da linha. Só houve tempo para a cobrança de escanteio. (veja o lance)

O próximo compromisso da Seleção é neste sábado contra o Paraguai, que venceu Venezuela por 3 a 2 e divide a liderança do grupo o Brasil.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base.
This entry was posted in Promessas do futebol, Sul-Americano sub-17. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>