Brasil cede a pressão no final e empata com Paraguai no Sul-Americano sub-17

Seleção não teve má atuação, mas recuou demais após sair na frente e cedeu empate aos donos da casa

Depois de um jogo duro contra a Colômbia, o Brasil fez a sua segunda partida no Sul-Americano sub-17 e empatou com o Paraguai, donos da casa, por 2 a 2.

A Seleção teve uma atuação razoável, com boa participação do ataque, chegou a abrir 2 a 0, mas cedeu o empate nos dez minutos finais do segundo tempo, depois de alguma pressão dos anfitriões.

No primeiro tempo o Brasil arriscou muito chutes de fora da área, mas sem grande eficiência. Em boa jogada, o atacante Leandro, da Ponte Preta, saiu cara a cara com o goleiro e abriu o marcador. (veja o gol)

A Seleção brasileira ia melhor na partida, criava mais e mostrava que era superior tecnicamente. Depois de boa inversão de jogo, Matheus Pereira tocou de primeira e Klebinho, do Flamengo, tocou na saída do goleiro. (veja o gol)

A vitória parecia encaminhada para a Seleção, mas o Paraguai tem o habilidoso Sérgio Diaz, astro do Cerro Porteño, sondado por diversos times ingleses, que acabou fazendo a diferença. Ele tabelou pelo meio da zaga canarinho, driblou o goleiro e diminuiu a vantagem. (veja o gol)

Com tempo de sobra para buscar o empate, os donos da casa partiram pra cima e até deram chances para o Brasil ampliar novamente o placar e definir o jogo nos contra-ataques, mas a Seleção não soube aproveitar os espaços para criar boas jogadas e em vez disso o jogo ficou mais pegado.

A pressão paraguaia deu certo, principalmente devido ao fato da Seleção ter recuado muito, buscando assegurar a vitória. Morel recebeu ótimo cruzamento para fuzilar de cabeça, no ângulo do gol de Bruno, sem chances. (veja o gol)

O Paraguai diminuiu o ritmo e não chegou a buscar muito o terceiro gol e a técnica brasileira deu lugar a um nervosismo grande, com entradas muito duras. O resultado foi a expulsão do lateral Klebinho, após uma entrada criminosa, com a sola no peito do adversário.

Com o empate, as duas equipes seguem com campanhas idênticas na competição, com um empate e uma vitória por 3 a 2. Na segunda-feira o Brasil encara a Venezuela e o Paraguai tira folga, voltando a jogar apenas na quarta-feira.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Promessas do futebol, Sul-Americano sub-17. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>