Atuações: San Lorenzo 1 x 0 São Paulo

Rogério Ceni: 6,0

Nas poucas vezes que foi exigido, para defesas relativamente fáceis, foi bem. Não teve culpa no gol.

Hudson: 6,0

Muito preocupado com a marcação, não comprometeu pelo seu lado do campo e teve boas roubadas de bola. Ofensivamente não apareceu nenhuma vez.

Lucão: 5,5

Teve uma atuação relativamente razoável. Não comprometeu, mas também não se sobressaiu. Fez uma partida segura, mas sem destaque. Para um jovem que está chegando ao futebol profissional, está de bom tamanho.

Tolói: 3,0

Estava tendo uma partida similar a de Lucão, até dar um bote totalmente equivocado e tomar um chapéu humilhante, que resultou no gol da equipe argentina.

Reinaldo: 1,0

O pior em campo pelo São Paulo. Péssimo no ataque e pior ainda na defesa. Pelo seu lado do campo o San Lorenzo chegou com facilidade. Errou quase todos os botes, tomou bolas nas costas, dribles e no lance do gol, mesmo vendo o zagueiro no mano a mano com o atacante, ANDA em campo, em vez de correr para fazer a cobertura. No ataque, até tentou algo, mas é um jogador ruim, não pode fazer muito. Sua qualidade técnica é deprimente e a tática inexistente.

Denilson: 4,0

Um siri dentro de campo. Todas as suas jogadas são para o lado ou pra trás. Na marcação, chegou duro, bateu e mesmo assim conseguiu deixar o meio do San Lorenzo confortável em campo.

Souza: 4,0

Não muito diferente do seu companheiro de posição, mas sem as porradas na marcação. Alguém explica como esse cara conseguiu chegar na Seleção?

Michel Bastos: 6,5

Um dos que mais tentou, roubou bolas no meio e puxou contra-ataques. Até chute no gol ele deu, coisa que é rara nesse time do São Paulo.

Paulo Henrique Ganso: 3,5

Apagado em campo, nem sequer foi possível ouvir seu nome na transmissão. Muito, é verdade, pela deficiência tática do time, que não oferece opções para passe. Em todas as jogadas de contra-ataque, o meio-campo e ataque do São Paulo ficaram totalmente parados atrás da linha da bola, fica difícil dar um passe magistral pra trás. Foi deslocado para cobrir o deficiente Reinaldo na lateral esquerda e foi mal na marcação também.

Alexandre Pato: 5,0

Tentou, tentou, mas é crônico no São Paulo que ninguém acompanhe o jogador que tem a bola. Sem a bola parece que procurava se esconder do jogo.

Alan Kardec: 4,0

Até sair com uma lesão, ainda no primeiro tempo, não tinha feito absolutamente nada em campo.

Centúrion: 6,5

Entrou no lugar de Kardec e foi um lampejo de futebol no time tricolor. Junto com Michel Bastos, foi um dos poucos que realmente parecia insatisfeito com o empate. Tentou muitas jogadas, mas errou sempre o último drible. Pode ser que ele realmente seja fominha, mas justiça seja feita, ele quase nunca teve pra quem passar quando tentou esse último drible.

Ewandro: s/n

Entrou no final, mostrou vontade, tentou alguma coisa, mas já era muito tarde no jogo.

Muricy: 3,5

O “esquema tático” até fazia sentido com Kardec em campo, mas perdeu o centroavante e não soube organizar o time (não que estivesse organizado com ele). Prendeu Ganso na função de “marcador” pela esquerda e desperdiçou o único criador em campo. Montou um time para não atacar, nem ser atacado e acabou por isso acabando com a possibilidade de contra-ataques.

Time: 4,0

É muito deprimente ver um time do São Paulo dessa forma. Uma equipe morta, que não busca nada. Jogadores que não se incomodam com agressões, cera, derrotas, humilhação. Essa apatia e comodismo já apareceram nos outros jogos importantes e nesse não foi diferente. Nessa partida o São Paulo teve várias chances de contra-ataque e não aproveitou nenhuma, nem sequer para fazer uma jogada. Os volantes ficam parados, os meias e atacantes também e quem está puxando o contra-ataque fica totalmente sem opção. Defensivamente foi um jogo razoável.

 

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Promessas do futebol. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>