Em partida de muitos gols, São Paulo e Vitória ficam no empate na Copa do Brasil sub-17

Rubro-negro baiano teve seu goleiro expulso no início do segundo tempo, mas mesmo assim conseguiu arrancar o empate fora de casa e leva boa vantagem para Salvador

Em partida válida pelas quartas de final Copa do Brasil sub-17, São Paulo e Vitória se enfrentaram no Morumbi nesta tarde de quarta-feira e empataram em 3 a 3, com quatro dos seis gols marcados ainda na primeira etapa.

O tricolor saiu na frente com um belo gol do atacante Paulinho, que bateu forte e venceu o goleiro do Vitória. O São Paulo ia melhor no primeiro tempo, com o autor do gol e seu companheiro de ataque, Gustavo Bento, como os responsáveis pelas jogadas ofensivas do time.

No entanto, ainda no primeiro tempo o Vitória conseguiu a virada e ambas as jogadas criadas pelo lado esquerdo do tricolor. Primeiro foi Yan quem marcou e depois Geovane. Mesmo com a virada, o São Paulo conseguiu a reação e empatou o jogo. Paulinho tabelou com Gustavo Bento e tocou na saída do goleiro (veja o gol).

Paulinho infernizou a defesa baiana na primeira etapa e conseguiu o cartão amarelo para o goleiro Neto, do Vitória. Ele ganhou da zaga na velocidade e já ia deixando o arqueiro pra trás quando levou uma entrada violenta.

No intervalo o técnico são-paulino tirou Gustavo Bento e colocou Bruno Dip em seu lugar, mas ao contrário do esperado, Bruno entrou como lateral-esquerdo e deslocou Caíque para o ataque. Logo no início da segunda etapa, Caíque e Neto disputaram um lançamento, o jogador do Vitória pegou a bola com a mão fora da área e acabou expulso (veja o lance).

O tricolor tentou pressionar, mas muito dependente da velocidade de Paulinho, seu melhor jogador em campo. Ele mesmo ganhou novamente da zaga em velocidade e na disputa de bola, Caíque sofreu pênalti. Liziero bateu e virou o jogo para o São Paulo (veja o gol).

Parecia que o São Paulo conseguiria uma boa vantagem para o jogo de volta, jogando com um a mais, em casa e vencendo por 3 a 2, mas o time do Vitória se mostrou forte e correu atrás do resultado. Em tarde muito apagada de seus principais jogadores, como Liziero, Augusto e Bruno Dip, o São Paulo pouco conseguiu criar e foi punido por isso.

Novamente pela esquerda o Vitória conseguiu chegar, o goleiro Lucas fez grande defesa, mas na disputa do rebote o árbitro marcou pênalti de Igor Neves. O atacante Eronildo bateu e deu números finais ao jogo (veja o gol).

Para o Vitória, o resultado, além de uma boa vantagem para o jogo de volta, em Salvador, também traz boas lembranças. Na fase anterior, depois de golear o Palmeiras por 5 a 1 no Barradão, o time baiano veio a São Paulo e arrancou um empate do alviverde, também com três gols para cada lado.

A partida de volta será no dia 22, próxima quarta-feira, às 16h, no Barradão, em Salvador. Empates com até dois gols dão a vaga ao Vitória, empate em três gols leva o jogo para os pênaltis e com mais de três gols dão a vaga para o São Paulo. Quem vencer, obviamente, está na próxima fase da competição.

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Copa do Brasil sub-17, Promessas do futebol. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>