Após longa novela, Nathan passa nos exames médicos e assina com o Chelsea

Jovem meia rescindiu com o Atlético-PR na justiça em março e depois de um mês de especulação, finalmente acertou seu futuro com o time inglês

nathan_brasilsub17-afp

Nathan com a camisa da Seleção (AFP)

O destino do meio-campista Nathan, de 19 anos, finalmente está definido. Depois de rescindir na justiça com o Atlético-PR no final do mês passado, o jovem passou por exames médicos e deve ser anunciado pelo Chelsea no começo da próxima semana.

O garoto prodígio rubro-negro do Paraná ganhou destaque no Mundial sub-17 de 2013, no qual foi o principal jogador da Seleção Brasileira. O Brasil parou nas quartas de final, depois de uma série de 12 cobranças de pênaltis contra o México, mas o meio-campista foi vice-artilheiro da Seleção, com cinco gols em cinco jogos, ficando atrás apenas de Boschilia, do São Paulo, que anotou seis.

O jogador entrou na justiça para rescindir seu contrato com o Atlético-PR em outubro do ano passado e o imbróglio se estendeu até o final de março desse ano, quando Nathan conseguiu o término do seu contrato mediante ao pagamento da multa de 2,4 milhões de reais. No entanto, esse valor era apenas para caso o jogador se transferisse para outra equipe brasileira, sendo o São Paulo o maior interessado.

Após sua família buscar alternativas na Europa, o meia despertou o interesse de diversos clubes, como Manchester City, Chelsea, Porto e Benfica. Como o valor para transferência europeia era maior, Furacão e Nathan voltaram aos tribunais no dia 10 de abril, onde ficou definido o valor de 23 milhões de reais, bem menos do que os 100 milhões previstos anteriormente no contrato.

O próprio Chelsea, através do empresário Giuliano Bertolucci, também responsável por levar outros jogadores aos Blues, como Ramires, David Luiz, Lucas Piazon, Willian e Oscar, chegou a oferecer uma negociação ao time paranaense, mas a forma de parcelamento do pagamento não foi aceita.

Mesmo após a definição, Porto e Benfica ainda tentaram uma última investida pelo jovem, mas seu destino já estava praticamente selado ao Chelsea.

Não é a primeira vez que o time londrino se movimenta em busca de promessas brasileiras: o ex-São Paulo Lucas Piazon e o ex-Fluminense Wallace também fizeram caminhos semelhantes ao de Nathan, mas ainda não tiveram boas chances no time principal.

Atualmente, o meio-campista Piazon está emprestado ao time alemão Eintracht Frankfurt, mas também já passou por Málaga, da Espanha e Vitesse, da Holanda. Já o lateral Wallace está por empréstimo no Vitesse, mas já esteve, também por período definido, na Inter de Milão.

Também não é a primeira vez que Giuliano Bertolucci aparece envolvido em uma ação de jogador contra clube, foi ele também quem orientou Lucas Piazon e Oscar a acionarem o São Paulo na justiça.

Na época, Lucas Piazon perdeu e acabou ficando no tricolor, que posteriormente acertou a transferência do jovem ao time inglês por 7,5 milhões de euros. Já Oscar conseguiu ganhar em uma das instâncias e se transferiu para o Inter de Porto Alegre, que serviu apenas como ponte para também acertar com os Blues.

É curioso que todos esses atletas, orientados por Bertolucci a entrarem na justiça contra seus times, acabaram tendo o mesmo destino: o Chelsea. Será que isso é coincidência?

 

 

 

 

 

 

About Gabriel Fuhrmann

Jornalista formado desde 2011, especializado em futebol de base. Repórter da São Paulo FC Digital
This entry was posted in Base no exterior, Promessas do futebol. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>